adplus-dvertising
:

O que é uma coisa unilateral?

Índice:

  1. O que é uma coisa unilateral?
  2. O que significa unilateral ou bilateral?
  3. O que é Monolateral?
  4. Qual o Antonimo de unilateral?
  5. O que significa unilateral jurídico?
  6. O que é amizade unilateral?
  7. O que é uma aliança unilateral?
  8. O que é uma promessa unilateral?

O que é uma coisa unilateral?

Em uma relação unilateral apenas um dos lados ama, se doa e tem o real desejo de estar ali. Aquele que recebe tudo isso e não sente o mesmo, não tem como retribuir todo aquele sentimento que lhe é oferecido. Então, um sofre por não ser correspondido e o outro por não conseguir corresponder.

O que significa unilateral ou bilateral?

Unilateral é algo que está situado de um só lado, que se inclina para um só lado ou que atende a um só lado. A palavra unilateral é formada pelo prefixo "uni", que significa "um", "único", mais a palavra "lateral" que significa lado.

O que é Monolateral?

De um só lado.

Qual o Antonimo de unilateral?

O contrário de unilateral é: 1. imparcial, isento.

O que significa unilateral jurídico?

[ Jurídico, Jurisprudência ] Em que só uma das partes tem obrigações para com outra ou outras (ex.: contrato unilateral).

O que é amizade unilateral?

As amizades unilaterais nos fazem querer saber o que aconteceu com os amigos que costumavam estar sempre disponíveis. Você pode tomar medidas para lidar com as amizades unilaterais, inclusive dizendo ao seu amigo como você se sente, escolhendo os seus horários comuns e, na pior das hipóteses, abandonando a amizade.

O que é uma aliança unilateral?

Teólogos reformados ortodoxos ensinaram que a Aliança era primariamente unilateral ou "monoplêurica" (latim: foedus monopleuron) da parte de Deus, mas também implicava condições por parte dos homens. ... Essas alianças individuais são chamadas de alianças bíblicas, porque são explicitamente descritos na Bíblia Sagrada.

O que é uma promessa unilateral?

Esta obrigação pode ser assumida por ambas as partes (contrato-promessa bilateral) ou apenas por uma delas (promessa unilateral). Neste último caso, continuamos a ter um contrato, ainda que o efeito obrigacional (a obrigação de contratar) esteja circunscrito a uma das partes.