adplus-dvertising
:

O que é uma pessoa fútil?

Índice:

  1. O que é uma pessoa fútil?
  2. O que é motivo fútil?
  3. O que se entende por motivo torpe e motivo fútil?
  4. O que é homicídio qualificado por motivo fútil?
  5. Quais são os antônimos de fútil?
  6. Qual a origem da expressão fútil?
  7. Qual o significado da palavra pueril?

O que é uma pessoa fútil?

Que ou quem valoriza o que é considerado superficial, inútil ou apenas material.

O que é motivo fútil?

Já o motivo fútil é aquele motivo insignificante, banal, motivo que normalmente não levaria ao crime, há uma desproporcionalidade entre o crime e a causa. Ex: matar por ter levado uma fechada no transito, rompimento de relacionamento; pequenas discussões entre familiares; etc..

O que se entende por motivo torpe e motivo fútil?

121, § 2.º, I e II, CP). Motivo fútil é aquele insignificante, flagrantemente desproporcional ou inadequado se cotejado com a ação ou a omissão do agente. Torpe é o motivo abjeto, indigno e desprezível, que repugna ao mais elementar sentimento ético." (PRADO, Luiz Regis et al.

O que é homicídio qualificado por motivo fútil?

Vale dizer, o homicídio “normal” ou livre de qualquer caráter especializador, que não o torne nem objetivamente nem mais nem menos grave que a conduta considerada no geral, equivale ao delito simples punido com reclusão de seis a doze anos. ...

Quais são os antônimos de fútil?

  • Os antônimos mais relevantes de fútil são: 1 Útil; 2 Sensato; 3 Prudente; 4 Essencial; 5 Cauteloso; 6 Importante; 7 Necessário; 8 Substancial; More ...

Qual a origem da expressão fútil?

  • A expressão fútil, se origina especificamente da palavra futilis que, em sua tradução literal, equivale à destilação. Significado de Detrimento. Desnecessário.

Qual o significado da palavra pueril?

  • Pueril é um adjetivo de dois gêneros da língua portuguesa que faz referência a infância, ao que é infantil ou ao que é dotado de inocência. A palavra, que deriva do latim puerile , também pode ser utilizada de forma pejorativa, associada ao comportamento de um indivíduo com pensamentos infantis, sem importância ou valor.