adplus-dvertising
:

O que é degeneração do menisco?

Índice:

  1. O que é degeneração do menisco?
  2. Como tratar lesão condral?
  3. Qual é o aspecto da cartilagem normal na ressonância magnética?
  4. Como tratar ruptura do menisco medial?
  5. Quem tem lesão no menisco pode fazer caminhada?
  6. Quando é necessário operar o menisco?
  7. O que é lesão condral?
  8. O que é lesão condral patelofemoral?
  9. Qual articulação é formada por tecido cartilaginoso?
  10. O que é Outerbridge?
  11. Qual a intensidade da condropatia?
  12. Qual a origem do colapso mental?
  13. Por que a palavra colapso chegou à nossa língua?
  14. Quando ocorre um colapso social?

O que é degeneração do menisco?

Uma lesão de menisco degenerativa é uma lesão que se desenvolve lentamente, tipicamente envolvendo uma clivagem horizontal do menisco em uma pessoa de meia-idade ou idosa. Tais lesões de menisco são frequentes na população em geral e são muitas vezes encontradas acidentalmente na ressonância magnética do joelho.

Como tratar lesão condral?

Os tratamentos das lesões condrais dependem basicamente do seu aspecto, da localização e da profundidade podendo estar indicados desde tratamento conservador (sem cirurgia) como fisioterapia e uso de condroprotetores via oral ou intra-articular, bem como a cirurgia que pode variar desde um “shaving” ou limpeza da ...

Qual é o aspecto da cartilagem normal na ressonância magnética?

Cartilagem normal Este aspecto trilaminar é mais evidente nas cartilagens de maior espessura como as da patela e da tróclea femoral (Figura 3).

Como tratar ruptura do menisco medial?

O tratamento para recuperação do menisco pode ser feito através de cirurgia ortopédica seguida de fisioterapia. No início do tratamento fisioterapêutico o indivíduo deverá fazer repouso, evitando mexer a perna, colocando gelo para diminuir a dor. Após alguns dias poderá andar com o auxílio de muletas e uma joelheira.

Quem tem lesão no menisco pode fazer caminhada?

De modo geral, algumas lesões no menisco impedem o indivíduo de praticar atividades físicas, outras não exigem restrição nesse sentido. Casos mais graves, exigem que o indivíduo evite atividades de impacto sobre o joelho, tais como caminhar, correr, subir e descer escadas.

Quando é necessário operar o menisco?

Se as lesões forem de menores proporções, o tratamento se resume a analgésicos, repouso, aplicações de gelo na região dolorida e fisioterapia. Nos casos mais graves, em que o desgaste da cartilagem foi severo, a intervenção cirúrgica é a solução.

O que é lesão condral?

Lesões condrais são lesões provocadas por degradação da cartilagem articular, em resposta a estímulos metabólicos, genéticos, vasculares e traumáticos, podendo ocorrer devido a um único episódio de excesso de carga na articulação do joelho ou através de vários episódios cíclicos e de pequena magnitude.

O que é lesão condral patelofemoral?

Também chamada lesão osteocondral, a lesão condral do joelho nada mais é do que uma lesão na cartilagem. Como a cartilagem é um tecido que tem um baixo potencial regenerativo, as lesões condrais de joelho tendem a aumentar, caso não haja um tratamento adequado.

Qual articulação é formada por tecido cartilaginoso?

A presença do tecido cartilaginoso nas articulações responsáveis por sustentar pesos é fundamental, uma vez que esse tecido admite uma grande quantidade de carga. Essa situação ocorre nas regiões do quadril, joelhos e tornozelos. O tecido cartilaginoso é predominante no sistema esquelético do embrião.

O que é Outerbridge?

Outerbridge classificou as lesões condrais patelares em 1961 em 4 graus, sendo: grau I, amolecimento; grau II, fragmentação/fissura de 1,25cm ou menos; grau III, fragmentação/fissura maior que 1,25cm; e grau IV, erosão óssea(5).

Qual a intensidade da condropatia?

  • Portanto condropatia se refere a uma alteração na cartilagem articular. De acordo com a intensidade da lesão, nós classificamos de I a IV, sendo I apenas o amolecimento, passando por fibrilação (II), rachaduras ou fissuras (III) até erosões mais profundas (IV).

Qual a origem do colapso mental?

  • Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Um colapso mental (também conhecido como colapso nervoso) é um termo não médico usado para descrever um súbito e agudo ataque de uma doença mental, como depressão ou ansiedade.

Por que a palavra colapso chegou à nossa língua?

  • Essa palavra chegou à nossa língua como colapso: o desmoronamento, a queda ou a devastação de algo. Por exemplo: “O governo prometeu fornecer ajuda financeira para evitar o colapso do setor farmacêutico”, “O colapso do mercado de ações deixou milhares de pessoas em ruínas”, “A derrota na final marcou o início do colapso do clube.

Quando ocorre um colapso social?

  • Um colapso social ocorre quando uma cultura perde suas características ou valores mais importantes de forma permanente ou temporária. Isso implica o mau funcionamento ou desaparecimento de suas principais instituições, situação que causa danos sociais. Do mesmo modo, um colapso econômico está associado a uma crise de grandes proporções.