adplus-dvertising
:

Quais são os CST?

Índice:

  1. Quais são os CST?
  2. O que é CST 040 na nota fiscal?
  3. Como descobrir o Csosn de um produto?
  4. Por que saber o que é o CST?
  5. Quais os últimos dígitos do CST?
  6. Por que os códigos de CST precisam ser analisados?
  7. Como identificar a origem do produto no CST?

Quais são os CST?

O que são os Códigos de Situação Tributária O Código de Situação Tributária (CST) é uma sequência numérica que determina a tributação aplicada aos produtos. Eles são utilizados conforme a origem das mercadorias (se nacional ou estrangeira) e de acordo com as regras às quais elas se sujeitam para o recolhimento do ICMS.

O que é CST 040 na nota fiscal?

CST 40 – Isenta: A operação é isenta de ICMS, isso quer dizer que em vias normais, esta operação seria tributada, mas existe algum beneficio legal que isenta a mercadoria/operação de ser tributada pelo ICMS.

Como descobrir o Csosn de um produto?

Confira o CSOSN que deverá ser destacado é o CST a ser usado pela empresa:

  1. 101: 00 (Tributada Integralmente), 20 (Com redução de Base de Cálculo), 90 (Outras);
  2. 102: 00 (Tributada Integralmente), 20 (Com redução de Base de Cálculo), 90 (Outras);
  3. 103: 40 (Isenta), 90 (Outras);

Por que saber o que é o CST?

  • Por que devo saber o que é o CST? Além de certificar a qualidade do produto que você está adquirindo, o CST permite que você taxe de maneira correta o próprio produto. No ramo do empreendedorismo, sabemos que esses são dois pontos importantíssimos na hora de adquirir qualquer produto ou serviço.

Quais os últimos dígitos do CST?

  • Os dois últimos dígitos do CST, como informamos acima, que fazem essa classificação do produto. Os números podem variar conforme o produto, mas é preciso estar atento a eles. Não confunda o Código de Situação Tributária (CST) com o Código de Situação da Operação Simples Nacional (CSOSN).

Por que os códigos de CST precisam ser analisados?

  • Os códigos de CST, precisam ser analisados caso a caso, há produtos que são isentos, imunes ou não tributados de ICMS dentro do DAS (Declaração de Arrecadação do Simples Nacional), mas podem ser tributados normalmente no regime RPA (Autônomo), salvo os que são substituição tributaria que possuem CST específicos.

Como identificar a origem do produto no CST?

  • Através do CST o Governo Federal é capaz de identificar a origem do produto a aplicar nele a fiscalização necessária. Assim, são determinadas tarefas muito importantes, como a definição do valor do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).